Cirurgia Plástica

Resolvi fazer uma página fixa com as postagens sobre a cirurgia em ordem cronológica. Para quem chegar aqui e quiser olhar, fica mais fácil.

Desde minha adolescência eu quis fazer uma plástica redutora de mamas. Eu sempre fui pequena e muito magra (1,58 com 46kg), então, o tamanho das mamas destoava um pouco. Mas a família achava que era frescura de “aborrescente”, e assim, os anos foram passando.

Conheci do trabalho do Dr. Rubem Lang quando trabalhava no Mãe de Deus Center (2001 a 2007), e sempre soube, que se um dia fosse fazer uma plástica, faria com ele. E esse, um dia, chegou! Num passe de mágica! Um dia eu sonhava com este procedimento, no outro estava assinando a ficha no hospital para a intervenção.

16 de março de 2010

As 6h30 cheguei no Hospital Mãe de Deus Center e fiz o check-in, as 7h00 fui encaminhada para a sala cirúrgica, anestesiada pelo Dr. Cláudio e as 10h30 Dr. Rubem Lang ligou para o meu marido informando que a cirurgia havia terminado naquele momento e que estava tudo ótimo comigo. A cirurgia tinha sido um sucesso. Eu estava sendo encaminhada para a Sala de Recuperação (SR), onde ficaria até a manhã do dia seguinte, quando fui para casa.

 

Procedimentos que eu realizei:

- Mamoplastia redutora e Mastopexia (levantamento das mamas)
– Lipoaspiração na barriga, abdômen e costas
– Lipoescultura na área dos glúteos (injeção da minha própria gordura, para dar um melhor formato na região)

A partir de agora, vou colocar o link das postagens para que você possa ler, em ordem cronológica todo o meu pós-operatório, e se o medo da dor é um dos empecilhos para a realização da cirurgia, crie coragem, por que vale a pena!

 

Algumas dicas importantes:

O que pesquisar antes. – A escolha do médico, o local da cirurgia, como está a sua saúde, quais são os exames necessários. Enfim, aqui você poderá encontrar algumas respostas para as perguntas mais básicas na tomada de decisão entre fazer ou não fazer um procedimento cirúrgico.

Compre antes da cirurgia – Sabe que tem coisas que eu conheci depois de fazer a cirurgia, então, a minha idéia aqui é facilitar a tua vida. Anota ai o “basiquinho” que você precisa ter para obter um pós maravilhoso.

Macaquinho – Um item obrigatório para os próximos 90 dias – É amiguinha (o), querendo ou não, o macaquinho será seu companheirinho por muito tempo. Quando fiz este resumo, estava com 60 dias de pós-operatório e com o macaquinho firme e forte grudadinho no corpo.

Custos além dos custos – A gente se preocupa tanto em encontrar um médico, que faça o preço que a gente possa pagar. Se ele não parcela, vamos ao banco, tentamos uma “forcinha” com o gerente e fazemos a cirurgia. Mas e depois? Olha… o depois também é bem reforçadinho… se você vai rapar o cofrinho para a cirurgia, é bom anotar os outros gastos… não tem como fugir deles.

 

Recuperação – pós-operatório:

- 8 dias
Hoje, dia 24 de março, faz exatamente 8 dias que fiz a plástica e a lipo. E digo, não me arrependo nem um pouco. A minha recuperação, desde o primeiro minuto que acordei tem sido maravilhosa. (…)

- 10 dias
Hoje completo 10 dias da cirurgia.Ontem retirei os pontos. Eram 3. Mas e os pontos da mama? Misteriosamente não tem nenhum ponto, pelo menos não tinha nada para retirar ontem. (…)

- 20 dias
Hoje completo 20 dias da cirurgia, e também a volta ao trabalho. É… as férias terminaram.Ficar sentada o dia inteiro, em cadeiras não muito confortáveis e nada ergonômicas confesso que não foi muito divertido. (…)

- 23 dias
23 dias já se passaram desde a cirurgia.Muita coisa aconteceu desde então. Meu corpo começa a tomar um formato que me agrada muito. As manchas roxas permanecem apenas nas mamas, aliás, apenas na mama direita. (…)

- 30 dias
Hoje completa 1 mês (31 dias) que fiz a cirurgia. 16 de março as 7 da manhã entrei para a sala cirúrgica cheia de expectativas, sai de lá com um corpinho novo. (…)

- 40 dias
Hoje, 25 de abril completo 40 dias de pós. Muita coisa já mudou no meu corpo.No dia 22 pela manhã, mais uma consulta de revisão e o resultado foi (…)

- Motivação
Eu me amo!!! Eheheheh, parece bobagem, mas a cirurgia aumentou muito a minha auto-estima. Eu não tenho nenhuma foto publicável do antes, mas posso garantir que não era muito agradável. Mas do depois sim…

- 50 dias
Poucas novidades ou mudanças nos últimos 10 dias. Começa agora um período onde as mudanças demoram mais para aparecer, diferente dos períodos anteriores onde diariamente era visível qualquer alteração. (…)

- 60 dias
Gente, como o tempo voou nessas ultimas semanas. Nem vi passar! Domingo completei 2 meses da cirurgia. Me lembro quando ainda era só um desejo, muito longe de se concretizar, e hoje estou aqui. Firme e forte, com o corpinho novo.(…)

- 70 dias
Não são muitas mudanças significativas, mas pelo menos de 10 em 10 dias eu pretendo colocar aqui algumas informações sobre o pós, para que, quem quiser fazer uma cirurgia assim, poderá ter uma idéia do que irá passar. Não vai demorar muito, as mudanças não serão tão significativas, e assim, vou reduzindo também o período de postagens neste assunto (…)

- 80 dias
Nestes últimos 10 dias, eu tive a liberação do médico para dormir sem macaquinho. Acabei dormindo, mas meio que forçada por orientação de outro médico, desta vez do Pronto Atendimento onde fui atendida após uma crise de dor no estômago (…)

- 100 dias
Ante ontem eu internei, ontem voltei para casa e hoje completo 100 dias de cirurgia. Parece incrível, mas o tempo passou voando. Só olhando as fotos do antes, e das várias etapas do durante é que dá para se dar conta do que já se passou nestes 100 dias. Infelizmente são fotos que não posso publicar, mas garanto que a mudança foi radical (…)

- 120 dias
A única novidade não muito boa dos 120 dias foi que a cicatriz do meu seio direito abriu. No dia 7, durante o banho fui tirar o micropore, uma vez que no dia 8 teria consulta bem cedinho, então já vou “pronta”. Ao tirar, não sei o que aconteceu (…)

- 130 dias
Este post é bem rapidinho. Só para dizer que o machucadinho que eu tive na semana retrasada, já está fechadinho! Cicatriz sequinha, tudo muito bem. Usei Dermatol e nada, usei Trofodermim, e a pele secou e sangrou para o meu desespero!! Se a pele precisa de hidratação, o melhor a fazer é usar Bepantol! E olha, foi um santo remédio(…)

Espero que tenha gostado desta postagem. Utilizem os comentários caso queiram deixar alguma dúvida, ou uma nova informação.

Algumas coisas que aconteceram na primeira semana que não deixei registrado em nenhum lugar, mas, como tenho recebido muitas visitas e alguns questionamentos sobre os assuntos da primeira semana, resolvi fazer um pequeno resumo desses 15 dias iniciais, onde muita coisa acontece.

Prisão de Ventre: Mulher sofre disso ao natural, sem precisar de muita mudança, com uma cirurgia desse porte não seria muito diferente. Tomei Agarol (metade da embalagem), um outro tipo de remedio que é uma gelatina (horrorosa) e nada… Nada me fazia efeito. Já era domingo e o desespero começa a bater… Embora a medicação não me deixasse com dores abdominais, eu sabia que alguma coisa deveria ser feita. A unica coisa que resolveu de uma unica vez foi o supositório de glicerina da Granado. Santo remédio. Portanto, inclua na sua lista de medicamentos e se nada der certo, apele para este remedinho.

Inchaço: Tudo incha, inclusive aquelas partes mais sensiveis e que talvez nem tenham sido tocadas na cirurgia. Pés, tornozelo, canela, coxa, tudo, os genitais, na primeira semana ficam horriveis. Muito inchados. Não se assuste! É assim mesmo, e depois volta ao normal.

Roxos e hematomas: As regiões tocadas pelo cirurgião, quando você tirar o macaquinho pela primeira vez estarão cheia de marcas, alguns hematomas, alguns machucados mais inchadinhos, que irão reduzindo ao passar dos dias. Mas ainda nessa semana pode aparecer hematomas que não tinham “ontem”. É normal. O corpo está se adaptando a essa nova realidade e pode trabalhar mais em uma área do que em outra.

Fibrose: Se você fizer a drenagem linfática com uma profissional competente no prazo certo, a chance de você ter fibrose é pequena, mas pode ocorrer. Ela pode aparecer agora, neste periodo, ou após. Eu desenvolvi uma área com fibrose abaixo do umbigo, pequena, mas que já está sendo desmanchada com a drenagem. A fibrose nada mais é do que a pele trabalhando demais em uma única região. Se você notar alguma região com um inchaço diferente, fale com sua massagista e mostre ao seu médico. Eles poderão te ajudar.

Falta de ar: Dormir de barriga para cima, para quem não está acostumada pode ser, no início, um tanto ruim. Para mim foi. Senti muita falta de ar, e me senti esmagada. As primeiras noites são as mais complicadas, por que normalmente me mexo muito, e a cada mexida eu acordava. Mas a falta de ar foi se tornando mais imperceptivel a medida em que eu desinchava e o macaquinho tomava mais a minha forma.

Muito obrigada pela visita!
Beijocas
Cláudia Sachs

Falta de ar depois de lipoaspiração, Constipação Intestinal, Prisão de Ventre, Fibrose, Cirurgia Plástica, Lipoaspiração, Dr. Rubem Lang, assadura com micropore, drenagem linfática

Comentários desativados
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: