Cirurgia Plástica – 1 mês depois

Hoje completa 1 mês (31 dias) que fiz a cirurgia. 16 de março as 7 da manhã entrei para a sala cirúrgica cheia de expectativas, sai de lá com um corpinho novo. Estou cuidando muito bem dele, mesmo sabendo que o resultado visível e definitivo demora cerca de 6 meses. E ainda 18 meses para as mamas.

Como dizem alguns médicos, a euforia nesta época é válida, mas o resultado ainda está aquém do que vai ficar. Bom né? Teremos muitas surpresas pela frente!

Ainda é cedo para medidas, por que ainda estou inchada, retendo líquidos, então é melhor esperar. Não vale a pena se basear em algo que é sabido que faz parte de um período transitório. Mas… já emagreci 1kg! Me olho no espelho e vejo outra pessoa. Só falta a academia para colocar as gordurinhas que sobraram no lugar e tudo pronto! Continuo tomando batida com ração humana todas as manhãs e cuidando da alimentação. Sem neuras, mas controlando um pouco o que se come e a quantidade de alimentos.

O corpo já reage melhor.

A dor nas costas ainda é algo que não reduziu (muito). Sentar está mais fácil, mas deitar continua sendo mais complicado. Repare… você sempre usa os braços para deitar e levantar. Experimente fazer estes dois movimentos sem usar os braços. Difícil, mas não impossível! Agora adicione uma dorzinha chatinha e intermitente nas costas! Eheheheh. Um desconforto, mas nada tão absurdo que tenha a necessidade de medicação. Nenhum remédio mais é necessário.

Os hematomas estão cada dia mais invisíveis. Permanecem apenas os dois da mama direita, sendo que um deles já está naquela fase da ligeira lembrança que ali tinha um hematoma.

Os braços continuam com movimentos lentos e limitados. Aqui leia-se limitados por recomendação médica, por que não existe nada que impeça nenhum movimento (não existe dor). Minha bolsa carrega o celular, óculos, identidade e cartão do banco. E claro, um batonzinho! Mais nada! Nenhum peso. Já vi relatos de meninas que fizeram redução mamária e que abusaram durante o pós. O resultado disso é um pós mais problemático, mais dolorido, e pior, sem o resultado esperado, em alguns casos sendo necessário até refazer a cirurgia (agora com muito mais riscos) para corrigir um movimento desnecessário. Não vale a pena! Espere que a recompensa vem.

A barriga e as costas estão começando a ficar mais retinhas (falta a curva das costas desinchar). Cinturinha tomando forma. Bumbum redondinho.

Os (três) pontos estão completamente cicatrizados e fechados. Estão marcados, obviamente, mas a pele irá se encarregar de absorver o tecido que ficou ali um pouco saliente e logo, logo, não saberei mais nem onde tinha um ponto.

Após o banho hidrato a pele com o creme indicado pelo médico, principalmente nas áreas operadas, além da drenagem linfática que faço duas vezes por semana. Inicialmente farei 20 sessões, que deve acabar no final de maio. Depois, conforme o médico orientar, acredito que farei uma vez por semana para a manutenção. Ainda não viro de costas para massagear o bumbum (nem para dormir), médico ainda não liberou!!

Feliz, feliz e feliz 🙂
Beijocas
Cláudia Sachs

Anúncios
Publicado em Cirurgia Plástica. Tags: , , , , . Comentários desativados em Cirurgia Plástica – 1 mês depois
%d blogueiros gostam disto: